Assuntos

Cartilha sobre a origem socialista do Dia da Mulher chega a 9ª edição

cartilha_mulher

Para o 8 de março deste ano, Dia Internacional da Mulher, o NPC lança a oitava edição da cartilha A Origem Socialista do Dia da Mulher. Didático e repleto de ilustrações do cartunista Carlos Latuff, o material questiona a versão de que o 8 de março teria começado a partir de uma greve ocorrida em 1857 em Nova Iorque, quando teriam morrido 129 operárias queimadas vivas. A obra lembra que, ao contrário do que foi intensamente divulgado, o Dia Internacional da Mulher tem uma origem socialista, que remonta ao início do século 20. Inclusive o 8 de março foi fixado a partir de uma greve iniciada no dia 23 de fevereiro (calendário russo) de 1917, na Rússia. Uma manifestação organizada por tecelãs e costureiras de Petrogrado foi o estopim da primeira fase da Revolução Russa. Como escreveu Alexandra Kollontai, membro do Comitê Central do Partido Operário Social Democrata Russo, “nesse dia as mulheres russas levantaram a tocha da revolução”. É um ótimo e bem didático material para explicar a história desta data, que precisa continuar sendo lembrada com sua força revolucionária e transformadora.

Consideramos que este é um dos principais trabalhos no nosso coordenador, Vito Giannotti, um homem apaixonado pela luta pelos direitos das mulheres. A pesquisa e o texto foram produzidos em parceira com sua companheira de vida e de luta, Claudia Santiago.  

O material estará disponível para venda a partir do dia 18 de fevereiro, na Livraria Antonio Gramsci, por R$ 10,00. Aceitamos encomendas.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *