Assuntos

Fórum Rio realiza sua 9º edição nesse sábado (10) e debate os impactos da crise do estado nos municípios

9º Fórum Rio: representantes da Região Metropolitana se reúnem em São João do Meriti para debater os impactos da crise do estado nos municípios

18447003_1333878370028652_4444793724361630130_n

O crescente número de homicídios na Baixada, a venda da CEDAE e o monitoramento popular da gestão pública. Evento da Casa Fluminense no próximo dia 10 de junho vai debater os impactos da crise do Estado do Rio nos Municípios da Região Metropolitana.

   A Casa Fluminense, juntamente com sua rede de parceiros, realiza no dia 10 de junho, em São João de Meriti, o 9º Fórum Rio, com o objetivo de refletir sobre a profunda crise de receita do governo do estado do Rio de Janeiro, que colocou em xeque a continuidade de inúmeras políticas públicas em diferentes municípios. Diante das incertezas do cenário político e econômico que vivemos hoje, se reforça a necessidade de uma agenda positiva que tenha como premissas a transparência e participação popular.

   Diante deste desafio, a Casa promove a nona edição do encontro semestral que reúne organizações, movimentos da sociedade civil e representantes do Poder Público em uma arena comum de debates sobre políticas públicas desde 2014. Este é o primeiro de 2017 e vai abordar diferentes temáticas que precisam ser pensados a partir da perspectiva metropolitana. Entre os destaques estão segurança pública, saneamento básico e os instrumentos de monitoramento do poder público.

Alguns dados e instrumentos ajudam a ilustrar a temática escolhida:

1) Segurança Pública: Baixada esquecida

O número de mortes violentas na Baixada Fluminense cresceu em 12 dos 13 municípios da região entre 2015 e 2016. No Município de Queimados, por exemplo, estamos diante de um aumento de 89%. A Casa Fluminense junto com o Fórum Grita Baixada e Anistia Internacional quer pautar a construção de planos municipais de redução de homicídios e o fortalecimento do Fórum Intermunicipal de Valorização da Vida.

Comparativo Segurança Pública Municípios da RMRJ

2) Saneamento básico: o que as gestões municipais têm a ver com a venda da CEDAE?

Mais da metade dos municípios da Baixada não têm Plano Municipal de Saneamento Básico. No cenário de possível venda da CEDAE, é preciso repensar a regulação do tema em conjunto com os municípios, requalificando suas responsabilidades na garantia do serviço à população. Quais são as possibilidade e limites de construir Parcerias Públicos-Privadas no saneamento básico? Como aumentar a transparência e o controle social?

Painel de Monitoramento – Quais Municípios têm plano de saneamento

3) Monitorando o poder público:

A Casa Fluminense aprofunda o debate sobre seus principais instrumentos: Agenda Rio, Mapa da Desigualdade e Painel de Monitoramento  para reforçar sua estratégia de monitoramento das ações do poder público nos municípios da Região Metropolitana do Rio, convidando toda a população para colaborar.

Além dos debates, oficinas, apresentações e uma feira com parceiros da Casa compõem a grade de atividades. O evento faz parte da programação da primeira edição carioca da Virada Sustentável, que acontece entre 9 e 11 de junho em diferentes pontos da região metropolitana.

Ver a programação completa aqui.

👉🏽 Inscreva-se no 9º Fórum Rio (https://goo.gl/forms/czX6xYQ6aPxVBbuo2) e venha fazer parte! 👈🏽

9ª Fórum Rio

Data: 10 de junho de 2017

Horário: 9h às 16h30

Local: Colégio Santa Maria (avenida Automóvel Clube, 269 – Centro – Nova Iguaçu)

Entrada Gratuita

A Casa Fluminense disponibiliza transporte em alguns pontos da cidade mediante inscrições prévias. As vagas são limitadas.

Para mais informações: Coordenação de Comunicação Casa Fluminense (21) 3253-3709

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *