Assuntos

Continuam abertas as veias da América Latina?

Publicado em 7 de novembro de 2017

Nesse momento inicial do curso, vamos refletir sobre a situação atual da América Latina. Com o aumento da direita e a perda de governos estratégicos para a esquerda, como Brasil e Argentina, qual a situação do nosso continente? Para participar desse debate, convidamos a socióloga Flavia Braga Vieira, professora da UFRRJ e assessora de movimentos sociais; Olímpio dos Santos, presidente do Sindicato dos Engenheiros do Estado do Rio de Janeiro; Igor Fuser, cientista político e professor de relações internacionais da UFABC; e o diplomata Samuel Pinheiro Guimarães, que foi secretário-geral das Relações Exteriores e alto-representante geral do Mercosul.

Saiba mais

A classe trabalhadora, o Estado e a direita

Publicado em 7 de novembro de 2017

A classe trabalhadora do Brasil e de diferentes países do mundo vem enfrentando uma série de desafios. O maior, talvez, seja a luta para evitar a retirada de direitos. É importante, portanto, debatermos a relação entre a atual classe trabalhadora, o Estado e o crescimento da direita. Para este debate, convidamos o cientista político Reginaldo Moraes, professor da Unicamp e pesquisador do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Estudos sobre os Estados Unidos (INCT-Ineu); e Marcio Pochmann, economista, professor da UNICAMP e presidente da Fundação Perseu Abramo. Na ocasião, acontecerá o lançamento do livro “Capitalismo, classe trabalhadora e luta política no início do século XXI”, de Marcio Pochmann e Reginaldo Moraes.

Saiba mais

O silêncio ensurdecedor da mídia com relação ao atentado na Somália

Publicado em 27 de outubro de 2017

[Por Ivan Longo/ Revista Fórum] Plantões de hora em hora nos telejornais? Destaque por dias e dias nos principais portais de notícias do mundo? Mensagens de apoio nos Trending Topics do Twitter? Se for um ataque em Las Vegas ou na França, sim. Mas na Somália, lá na África, não. É a mídia e o seu poder de determinar por quem você deve ou não se comover. | Leia o texto completo.

Saiba mais

Série “O Tempo entre costuras” ajuda a entender a situação política da Espanha

Publicado em 5 de outubro de 2017

[Por Ana Maria Ribeiro no Facebook] […] Lembremos que Barcelona foi o berço da classe operária e do movimento anarquista e sindical no início do século XX e após a grande crise de 1929, os conflitos se aprofundam, o Rei abdica, a crise política se instala e ficou marcado na História a Guerra Civil Espanhola, com o fascismo se empoderando com Franco, Hitler na Alemanha, Salazar em Portugal.

Recentemente assisti a uma série disponível na Netflix adaptação de um livro que li e gostei muito “O tempo entre costuras” que é ambientado exatamente neste período histórico – 1929 – 1945. A situação na Catalunha não deve ser vista como um ponto fora da curva, mas como mais um ponto nessa parábola ascendente que a todos assusta!

Saiba mais

Investigação sobre trabalho escravo abrangeu reportagens em três continentes

Publicado em 6 de setembro de 2017

[Por Ana Prieto / ijnet.org] O projeto de pesquisa investigativa do Eldiario.es, “La Tierra Esclava”, vem com uma subtítulo que vai direto ao ponto: “É assim que os países pobres são usados para alimentar os países ricos”.

O projeto envolveu quase duas dúzias de jornalistas trabalhando juntos para descobrir os abusos ocultos por trás de cinco plantações consumidas amplamente na Europa (açúcar, cacau, bananas, café e palmeiras africanas) e que são produzidas graças a condições exploratórias similares a escravidão, práticas comerciais ilegais e danos ambientais contínuos. Os quatro países que foram investigados são Guatemala, Honduras, Colômbia e Costa do Marfim. | Continue lendo!

Saiba mais

28 estações de rádio e sete estações de televisão em licitação na Bolívia

Publicado em 17 de agosto de 2017

A autoridade para Regulamentação e Controle das Telecomunicações e Transportes (ATT) da Bolívia convoca, desde julho e até setembro de 2017, licitação para 25 frequências de rádio FM, 3 de rádios AM e 7 de TV analógica na banda UHF.

O valor das licitações para FM e AM é de US$ 35, enquanto o preço para TV é US$ 70.

As freqüências de TV correspondem aos canais 30, no departamento de Berni; 27, 29 e 32 em Cochabamba; 29 em Tarija; 31 no departamento de Chuquisaca e 32 em Potosi. [Com informações do observacom.org] | Saiba mais!

Saiba mais
Página 1 de 2112345...1020...Última »