Assuntos

Sindipetro-NF: 20 anos de histórias reunidas em livro editado pelo NPC

Publicado em 10 de julho de 2017

Foi lançado no dia 27/06, durante o 13º Congrenf, o livro “20 anos do Sindipetro-NF: uma história de lutas”. O livro foi produzido pelo Núcleo Piratininga de Comunicação em parceria com o Sindipetro-NF e conta a história do Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense desde a sua gestação, na dura e combativa década de 1990, até os dias...

Saiba mais

FISENGE e NPC lançam cartilhas sobre Reforma Trabalhista e Reforma da Previdência

Publicado em 10 de julho de 2017

Depois da cartilha “Reforma Trabalhista para quem?”, foi lançada, na semana passada, “Reforma da Previdência: informação e luta por uma seguridade social pública”. Esse trabalho é mais uma parceria da FISENGE com o Núcleo Piratininga de Comunicação. Seguimos juntos no esforço de fortalecer a luta dos trabalhadores contra as reformas que estão tramitando no Congresso Nacional e que podem retirar direitos conquistados ao longo de muitos anos. Para ler “Reforma Trabalhista para quem?”, acesse: https://drive.google.com/…/0B-8AZXzPqUAbaU1aZEQ0T0NiTjg/view Para ler “Reforma da Previdência: informação e luta por uma seguridade social pública”,...

Saiba mais

Saiu a 105ª edição do Jornal Abaixo-Assinado de Jacarepaguá (JAAJ)

Publicado em 3 de julho de 2017

  Saiu a edição de número 105 (junho de 2017) do seu jornal Abaixo-Assinado de Jacarepaguá (JAAJ). Nela você encontra diversas noticias do seu bairro, veja algumas delas: De cada 100 pessoas assassinadas, 71 são negras; Dia Mundial do Meio Ambiente: Água em Jacarepaguá tem dono? PEPB e suas riquezas naturais e culturais; Hospital Santa Maria está abandonado; Castelo do Vinho tem também recital de poesia e exposição de arte; Escoteiros em ação nas estações do BRT de Jacarepaguá. Poesia: Cidade de Deus é um trem de cultura Leia a edição de número 105 do JAAJ,...

Saiba mais

Militarização o tempo inteiro – Entrevista com Patrícia Oliveira

Publicado em 28 de junho de 2017

Patrícia Oliveira é uma das fundadoras da Rede de Comunidades Contra a Violência. [Por Gizele Martins* – Instituto PACS – 23.06.2017]  Patrícia Oliveira é militante desde muito cedo. Irmã de um dos sobreviventes da Chacina da Candelária, ocorrida em 1993, ela é defensora de direitos humanos e uma das fundadoras da Rede de Comunidades Contra a Violência, criada em 2004. Atualmente Patrícia integra o Mecanismo Estadual de Prevenção e Combate à Tortura, cujo principal objetivo é a “identificação do risco de tortura” a partir do monitoramento de centros de privação de liberdade. Por ser uma das grandes referências no tema da segurança pública no Rio, convidamos Patrícia para falar um pouco sobre a militarização e como as várias expressões do racismo institucional dificultam e impedem a vida da população negra e favelada do Rio de Janeiro. Nesta entrevista, ela...

Saiba mais

Para onde vamos: socialismo ou barbárie?

Publicado em 23 de junho de 2017

[Por Anita Leocadia Prestes – Blog da Boitempo – 21.06.2017]   Transcorrido um ano de governo de Michel Temer, não há mais dúvida de que sua posse resultou de um golpe parlamentar-jurídico, cujo objetivo central foi liquidar as conquistas dos trabalhadores brasileiros consagradas na legislação do país. Nesse sentido, são emblemáticas as propostas encaminhadas ao Congresso Nacional das reformas trabalhista e da previdência, assim como os esforços voltados para invalidar os direitos democráticos consagrados na Constituição de 1988, não obstante suas limitações, apontadas por Luiz Carlos Prestes, no que diz respeito ao artigo 142 dessa Carta, ou seja, à manutenção da tutela militar acima dos três poderes da República. Artigo este usado pela primeira vez pelo atual governo para reprimir manifestação popular realizada recentemente em Brasília. Da mesma maneira, assistimos ao desmonte da Petrobras, que está sendo entregue despudoramente...

Saiba mais

O HOMEM QUE VIROU SEMENTE – Por todo o país surgem iniciativas que homenageiam VITO GIANNOTTI

Publicado em 21 de junho de 2017

20º Curso Anual do NPC em dezembro de 2014. Último curso com a participação de Giannotti   [Por Ívina Costa e Claudia Santiago Giannotti – 21.06.2017]   Amigo, escritor, liderança política de esquerda, revolucionário… Muitas palavras definem Vito Giannotti. Mas, isoladamente, nenhuma dá conta de expressar o que esse comunista nascido na Itália e que escolheu o Brasil para viver, representa para o Núcleo Piratininga de Comunicação (NPC) e os inúmeros companheiros e companheiras que deixou. Há dois anos de sua partida, seu nome é fonte de inspiração para jovens e antigos militantes das causas sociais. Vito Giannotti não morreu, ele virou semente. Em várias partes do Brasil, surgem iniciativas inspiradas em Vito Giannotti ou que o homenageiam. Uma delas é o Curso de Comunicação Popular do NPC. Há 12 anos, o NPC criou esse curso por se preocupar...

Saiba mais
Página 4 de 1.012« Primeira...23456...102030...Última »